Corporate Habitação

Construção Civil | Conheça as 5 tendências que vão inovar o setor

O mercado de construção civil está passando por mudanças significativas e este ano não será diferente. Essas mudanças são oportunidades de negócio que você deve ficar atento para aproveitá-las e sair na frente da sua concorrência.

Já podemos prever algumas tendências que irão inovar o setor em 2021. Acompanhe o artigo e descubra!

Importância do setor da construção civil na economia brasileira

A construção civil tem um papel importante na economia e desenvolvimento do Brasil. Ainda mais se levarmos em consideração que o país é carente de infraestrutura e moradia.

Segundo informações Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo, o setor corresponde a 34% de toda a indústria nacional e 6,2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Além disso, as expectativas para 2021 são positivas. Segundo previsões da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), o setor deve crescer 4% em 2021, maior crescimento em oito anos.

O impacto não é apenas econômico, a área também é responsável por gerar um em cada seis empregos no Brasil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Como a inovação impacta a construção civil

Assim como em qualquer setor, a inovação tecnológica também gera impactos. Porém, diferente do que muitos imaginam, a tecnologia não é capaz de substituir os operários.

Sim, algumas tarefas podem ser automatizadas, especialmente as repetitivas. Contudo, não dispensa operários, engenheiros e arquitetos. A principal exigência será maior qualificação dos profissionais.

Os novos recursos tecnológicos, como drones, realidade aumentada e virtual, já fazem parte da realidade da construção civil. Esses recursos permitem aumentar os controles de qualidade, de custos e de segurança. 

Como a inovação traz sustentabilidade e eficiência

A inovação favorece a eficiência e a sustentabilidade, além de trazer benefícios para a empresa, colaboradores, consumidores finais e a mobilidade urbana das cidades, como:

  • maior segurança do trabalhador;
  • criação de fluxo de trabalho automatizado;
  • geração de relatórios em tempo real;
  • aumento da vida útil da construção;
  • otimização dos recursos naturais;
  • processos de construção mais assertivos.

As construtoras, por exemplo, fazem com que seus apartamentos para investimento sejam ainda mais atrativos para os consumidores, e estão sendo mais sustentáveis para atender à demanda do mercado.

Ainda assim, o setor é relutante em absorver inovações. Mas, para aumentar a produtividade e qualidade a nível de outros setores, considerar adotar as novas tecnologias é essencial. 

O papel das construtechs para a inovação na construção civil

As construtechs desenvolvem soluções para o mercado de construção civil para resolver problemas em locais de obras, de mobilidade digital, gestão de segurança, sustentabilidade e suas variáveis, e etc.

O principal objetivo dessas empresas é resolver questões no menor tempo possível e de forma que seja adequada para o cliente, seja uma construtora, uma imobiliária ou uma empresa.

Elas possuem um importante papel na missão de trazer inovações disruptivas e incentivar o uso de novas tecnologias no mercado imobiliário.

Grandes cidades já adotam planos para ampliar e desenvolver ainda mais a qualidade do seu centro urbano para poder oferecer melhores opções.

Dentre as vantagens de contar com uma construtech estão:

  • uso de tecnologia para detecção de problemas em obras;
  • agilidade nos prazos;
  • maior competitividade;
  • melhor gerenciamento de recursos e resíduos.

5 tendências que vão inovar o setor

Agora que já está por dentro do cenário da construção civil na atualidade e as expectativas para o futuro, acompanhe as tendências que irão inovar o setor:

#1 Impressão 3D

Por meio dessa tecnologia, é possível imprimir maquetes e outros materiais. Em construções modulares e em canteiros de obras, por exemplo, é possível usar a impressão 3D para produzir peças de concreto com excelente precisão.

#2 Realidade Virtual

A realidade virtual permite visualizar um projeto em modelo interativo e 360º. Essa visão possibilita acompanhar o andamento da construção e otimizar o trabalho em fases mais complexas.

Também permite planejar projetos, compartilhá-lo com pessoas em outras localidades e detectar possíveis problemas antes que aconteçam. 

#3 Internet das Coisas

Permite conectar máquinas, equipamentos e pessoas por meio de uma rede de internet para que funcionem de forma interligada.

Essa tecnologia permite realizar monitoramento preciso de máquinas, medir consumo de energia e otimizar o tempo de trabalho dos equipamentos.

Em colaboradores, podem ser usadas para detectar sinais de fadiga e mudanças de temperatura corporal no colaborador, o que pode evitar riscos de acidentes.

#4 Bio-concreto

Ele possui em sua composição uma bactéria chamada bacillus pseudofirmus, que reagem em contato com a água e ar. Com isso, forma uma solução que se autorregenera, capaz de selar fissuras.

#5 Tijolos ecológicos

O foco é desenvolver ações que atendam às necessidades atuais, sem comprometer as gerações futuras. Para isso, é possível investir em materiais de construção modernos e diferenciados. 

Um exemplo são os tijolos ecológicos, como os fabricados com bitucas de cigarro, que são leves, duráveis e reduzem o impacto negativo no meio ambiente. 

Conclusão

Qualquer empresa que deseja alcançar maior eficiência em seus processos deve investir em tecnologia. Seguir as principais tendências que irão inovar o setor é uma maneira de sair na frente da concorrência, reduzir custos e evitar desperdícios de recursos.

Se levarmos em consideração que o setor absorve as inovações mais lentamente, aderir às novas tendências será um grande diferencial para se destacar no mercado.

Fonte: Jornal Ponto Inicial Construção Civil | Conheça as 5 tendências que vão inovar o setor | Jornal Ponto Inicial